11 de julho de 2017

Não se esqueça de nada: dicas para arrumar a mala de viagem

Compartilhe pela rede:

Dar uma pausa no trabalho e viajar no meio do ano é uma delícia – principalmente em família. Você pode planejar uma visitinha no interior, ou conhecer outro Estado, já que aqui no Brasil esta temporada varia bastante. Independente do destino escolhido, uma coisa é certa: você deve levar uma mala completa com tudo que precisar.

Isso aí mesmo: arrumar a mala. Há quem ame, há quem ache que a parte mais chata é a de pegar a estrada, mas saiba que em alguns passos você mata essa charada e o melhor: não deixa nada para trás. Até porque não existe sensação pior que chegar em outro lugar e se dar conta de que esqueceu em casa algo muito importante para sua estadia, né!?

A mala

O primeiro passo é escolher a mala certa – no caso, o modelo. Os formatos mais comuns são as retangulares, e o tamanho vai depender do tempo que você vai ficar fora e se vai ser uma mala individual ou dividida com o resto da família. Aqui, vale uma observação: se você tem filhos pequenos, uma bem grande é uma boa opção, mas se os filhos já forem maiores, a dica é que cada um leve a sua para não ocupar tanto espaço.

O que levar

Agora chegou a parte difícil: o que levar? Nem a casa toda, nem uma única trouxa. Leve peças que você pode usar mais de uma vez, em combinações diferentes (as chamadas “curingas”). Quem vai aproveitar lugares mais quentes e com praia, provavelmente vai passar a maior parte do tempo de chinelos e sapatos abertos, então não precisa levar tantos pares. No frio, leve um casaco pesado mais neutro, assim você pode variar com várias outras peças. Ah, e não se esqueça de levar aquela roupa especial, caso haja um evento de última hora – a chamada “roupa de sair”. 😛

Como arrumar

Tá, agora que você já botou tudo em cima da cama e está com a mala aberta, é hora de começar a guardar. Primeiro, siga a regra básica: as roupas que amassam com mais facilidade devem ficar mais em cima, ao passo que as que não correm esse risco podem ficar na base de tudo.

Coloque as calças esticadas no fundo da mala, com as pernas para fora – assim que você terminar de colocar tudo em cima dessas peças, você dobra as pernas por cima delas, como se fosse um “protetor”. Em cima das calças, coloque as bermudas e shorts, além dos vestidos – estes, devem ser dobrados o mínimo possível para não correrem o risco de amassar. Aqui você também pode usar a técnica de colocar a saia do vestido para fora e, depois, trazê-la por cima das outras roupas.

Dobre as camisetas e, depois, enrole-as para não ocuparem tanto espaço. As roupas íntimas devem ser colocadas em saquinhos organizadores para facilitar na hora de encontrá-las – você pode colocá-las por último dentro da mala (isso também serve para roupas de banho, se você for para a praia). Os sapatos também devem ser colocados em saquinhos individuais, podendo ser colocados em um compartimento separado da mala se você preferir. Se você for levar muitos pares, o ideal é uma bolsa separada só para isso para não amarrotar as roupas.

Produtos de higiene, cosméticos, remédios e maquiagens podem ser colocados em uma frasqueira ou em saquinhos separados por categorias. Produtos líquidos como perfumes, shampoos e outros devem ser colocados em sacos plásticos em especial, já que podem virar.

No topo da mala, deixe o pijama e as roupas íntimas, assim você não precisa tirar tudo para fora só para alcançá-los. Ah! Não se esqueça de levar um saco plástico no fundo da mala para trazer as roupas sujas da viagem.

Anotado? Mãos à obra!

 

Fonte: Blog Italínea